CLAUDIA DIAS

COACH PARA DESENVOLVIMENTO PESSOAL E AUTOCONHECIMENTO

Como o otimismo pode ajudar a lidar com o fracasso

Otimista representa o nível de confiança, que  uma pessoa tem em si mesmo. Trata-se de uma pessoa motivada, esperançosa e positiva.

Otimista é aquela pessoa que acredita que tudo vai dar certo, que nada é considerado impossível é uma pessoa positiva e possui muita motivação.

Mas além de tudo, sabe que precisa agir em direção do objetivo que pretende alcançar.

Não estamos falando somente de ter um sentimento bom com relação a algo, mas fazer tudo que precisa para alcançá-lo.

Ser otimista é acreditar que existem saídas para os problemas humanos e sociais, e considerá-los passíveis de uma solução positiva

O contrário de otimista é pessimista, e pessimistas são as pessoas que vêm tudo pelo lado negativo, acreditando que tudo vai dar errado e esperam sempre o pior.

Buscar o lado positivo das coisas e esperar pelo melhor são algumas características de um comportamento otimista. O otimismo, assim como o pessimismo, está ligado à forma como enxergamos o mundo.

O que você faz diante de uma situação em que sente que fracassou? Você enche sua mente com pensamentos positivos ou com ideias negativas?

Assim como a proatividade, o otimismo é uma habilidade e pode ser colocado em prática por qualquer pessoa, desde que ela se disponha a se esforçar para conseguir agir com otimismo.

Para que serve o otimismo?

Pessimistas de plantão podem ver os otimistas como lunáticos, como pessoas que enganam a si próprias e que vivem fora da realidade, mas não é disso que trata o otimismo. Como já disse no artigo sobre mindset, o otimismo contribui para produzirmos bons resultados. Por outro lado, o pessimismo, acompanhado de pensamentos negativos, interfere em nossas realizações pessoais porque gera sentimentos negativos e, consequentemente, comportamentos nocivos, que produzem resultados ruins.

Ou seja, o otimismo não é sobre passar o dia rindo à toa; ele é uma habilidade que influencia diretamente na nossa capacidade de produzir bons resultados, seja em casa, com os filhos, no trabalho ou em qualquer lugar.

Otimismo diante de uma sensação de fracasso

Imagine uma empresária que durante anos se dedicou a uma empresa e, de um momento para o outro, a empresa quebra e ela vai à falência. É natural que num primeiro momento ela se sinta em chão, entre em desespero e até que tenha a sensação de que fracassou.

Mas, e depois? E quanto ao próximo passo, que é aquele de fazer uma avaliação para compreender o que foi feito de errado para, a partir daí, seguir em frente fazendo diferente? Nesse momento, de que vai adiantar agir com pessimismo?

Pensamentos negativos, do tipo: “você não é capaz”, “você é um fracassado”, certamente vão invadir a mente de uma pessoa nessa situação. A grande questão é que somos capazes de dar um basta nesses pensamentos. Como? Enchendo nossa mente de pensamentos positivos para dar lugar a uma visão otimista.

E por quê? Porque o otimismo funciona como uma mola propulsora, capaz de ajudar a pessoa a buscar uma solução e a concentrar sua energia nisso, não no problema.

Como o otimismo pode ajudar a lidar com o fracassoÉ preciso vigiar seus pensamentos

Mas, para isso, é preciso estar em constante vigilância. Como assim? Às vezes, nossa mente faz uma viagem por pensamentos maus e até destrutivos sem sequer nos darmos conta. Quando percebemos, já estamos com a cara fechada, mal humorados, repetindo a nós mesmos que nada vai dar certo e até mesmo nos sabotando.

Por isso é preciso vigiar, para que nessas horas você argumente com você mesmo que isso não é verdade. Quando algo na sua cabeça disser que você não é capaz, diga a si mesmo que sim, você é. Admita que você errou, e você sabe disso, mas daqui para frente as coisas serão diferentes porque você vai agir de forma diferente. É importante que você assuma esse compromisso.

Quanto à forma de fazer isso, escolha aquela que seja mais confortável para você. Uma ideia é anotar o que você sente e a partir disso responder a você mesmo o porquê de esse pensamento não estar certo. Algo do tipo:

 – “Sinto que sou incapaz de me reerguer porque não suporto o fato de ter ido à falência, sinto que sou um fracasso”.

Em relação a essa situação em particular, de falência, eu sei como é porque já vivi isso quando estive à frente de uma empresa de seguros. Para eu começar a me reerguer, primeiro foi preciso me perdoar.

Eu precisei me perdoar para me libertar. Precisei admitir a mim mesma que eu cometi erros, sim, mas que não poderia passar a vida toda me culpando por isso. Eu sabia que precisava me reerguer e recomeçar minha vida, só não sabia como.

A importância de buscar ajuda

Como o otimismo pode ajudar a lidar com o fracasso

E o que eu fiz? Eu busquei ajuda. Foi a partir de muitas pesquisas que eu descobri que existe algo chamado autoconhecimento, que nada mais é do que a habilidade de conhecer a si mesmo profundamente.

Pois é. Normalmente a gente acha que se conhece, e isso pode até parecer algo óbvio, mas só quem passa por um processo de autoconhecimento sabe o quanto ele é capaz de mudar a forma como enxergamos a vida [aqui você pode conferir os depoimentos de vários clientes meus que passaram por esse processo].

Foi conhecendo a mim mesma, descobrindo meus talentos e reconhecendo minhas debilidades, que as coisas começaram a mudar. Desde então eu percebi que não tinha um propósito de vida bem definido, e isso era algo que me deixava vulnerável, afinal, diante das adversidades, faltava algo maior para me sustentar, para me motivar a agir como resiliência. Faltava um motivo, uma razão para eu estar onde estava, fazendo o que fazia.

Eu descobri, na prática, que o pessimismo só serviu para me atrair cada vez mais para o fundo do poço. Já o otimismo me permitiu visualizar um cenário positivo, ao qual eu passei a lutar para torná-lo realidade.

Como eu disse, isso só foi possível depois que eu busquei ajuda. O coaching mudou minha vida e eu acredito, por experiência própria nesses mais de 10 anos como coach pessoal, que também pode mudar a sua.

Se esse artigo fez sentido para você, deixe seu comentário abaixo. Também estou disponível no Whatsapp caso você tenha alguma dúvida. O número é (11) 96621-9683.

Outros artigos que também podem lhe interessar:

Motivação: a energia para viver
O que é inteligência emocional
Como o coaching pode ajudar na carreira de uma pessoa

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Quer receber mais informações?
Cadastre seu e-mail abaixo!

Acesse nosso formulário de contato e se cadastre em nossa comunidade de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal.

últimos posts

Coach de desenvolvimento pessoal para ampliar suas capacidades!

Conheça agora os motivos para contratar um coach de carreira!

Desenvolvimento pessoal o que é e como funciona

Como o otimismo pode ajudar a lidar com o fracasso

Como recomeçar a vida do zero

Coach Pessoal, Palestrante Motivacional, Treinadora Comportamental

TELEFONE / WHATSAPP

+55 (11) 9 6621-9683