CLAUDIA DIAS

COACH PARA DESENVOLVIMENTO PESSOAL E AUTOCONHECIMENTO

Felicidade não é sobre ser, mas sobre estar

Muito se fala sobre a felicidade, mas o que de fato significa isso? De acordo com o dicionário Michaelis, felicidade é o “estado de espírito de quem se encontra alegre ou satisfeito; alegria, contentamento, fortúnio, júbilo”.

Há quem diga que a felicidade não está em ter, mas em ser. Eu diria que a felicidade vai ainda mais além, e é sobre estar, não sobre ser.

Esse termo, assim como resiliência, pode ser definido de inúmeras formas. Neste artigo eu falo sobre o que é felicidade, explico o que felicidade tem a ver com propósito de vida e também abordo a diferença entre felicidade e prazer. Boa leitura!

O que é felicidade?

Não há um consenso sobre a definição de felicidade. Cientificamente, há várias propostas diferentes para definir o que é felicidade. Uma delas, conforme aponta a psicóloga Courtney Ackerman, é a de que a “felicidade é um estado caracterizado por contentamento e satisfação geral com a situação atual”.

A felicidade, portanto, é sobre estar, não sobre ser. Apesar disso, ouvimos com frequência: será que fulano é feliz? Nossa, aquela pessoa parece ser muito feliz. Ao invés disso, faria mais sentido dizermos: será que fulano está feliz? Aquela pessoa parece estar muito feliz.

O que pode ser definido ou não como felicidade é bem subjetivo. Algo que para uma pessoa pode ser felicidade para outra pode ser um verdadeiro pesadelo.

Passar a lua de mel em meio à natureza, por exemplo, pode ser sinônimo de felicidade para algumas pessoas; para quem não curte a vida na natureza, porém, isso pode se tornar motivo de infelicidade.

E a felicidade tem até um dia próprio: 20 de março foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2012 como o Dia Internacional da Felicidade.

Segundo a ONU, o objetivo é reconhecer a relevância da felicidade e do bem-estar como objetivos e aspirações na vida das pessoas em todo o mundo. A felicidade é realmente importante para a humanidade, mas, será que é possível ser feliz o tempo todo? Confira a seguir.

É possível ser feliz o tempo todo?

Não. O que podemos fazer é nos esforçamos para estarmos felizes o maior tempo possível, mas não há como sermos felizes o tempo todo. Isso porque, para além de sentir-se feliz , também faz parte da natureza humana vivenciar outros sentimentos, como tristeza, raiva e angústia, por exemplo.

Na vida, há dias bons e maus, e eu tenho certeza que você sabe disso. Cair na ilusão de pensar que todo dia será bom certamente o levará à frustração.

Você pode esperar e desejar que seu dia seja bom, mas é preciso estar preparado caso ele não seja. Quando admitimos que haverá dias bons e maus nos permitimos agir com resiliência diante de possíveis imprevistos.

A vida é repleta de altos e baixos e isso faz parte do nosso processo de desenvolvimento pessoal. Não aceitar isso e querer, a todo custo, ser feliz o tempo todo, pode levar ao caminho oposto.

Prazer e felicidade

Apesar de estarem relacionados, prazer e felicidade são coisas diferentes. Nenhum dos dois representa um estado permanente — o que acontece é que o prazer está ligado a algo que passa ainda mais rápido que a felicidade.

Ao comprar um celular ou um carro, e até ao comer seu prato preferido, por exemplo, o que se sente é prazer. Já a felicidade está ligada a algo mais estável, como por exemplo ajudar alguém ou passear com os amigos.

O que felicidade tem a ver com propósito de vida?

Uma pessoa sem propósito de vida corre o risco de viver no piloto automático, ou seja, ela faz o que tem de fazer, mas sem saber por que o faz. Ela acorda cedo, vai trabalhar, volta, dorme e no dia seguinte segue a mesma rotina — ela provavelmente começa a segunda-feira já pensando no final de semana.

Viver sem propósito pode levar à infelicidade. Quando você não tem clareza sobre o motivo de fazer o que faz, mais dia ou menos dia o desânimo bate à porta.

Um propósito nos ajuda a ter brilho nos olhos, a focar em algo que vai além de nossas preocupações cotidianas. Ele nos sustenta nos dias mais difíceis.

Mas é importante ser realista. Lembra que falamos acima que é um estado de espírito? Então. Não adianta traçar o propósito de ser feliz todo dia porque você não vai conseguir. Ao menos não todo dia. Se fizer isso, com o tempo você vai perceber que isso se tornará motivo de grande insatisfação.

Está nas coisas simples, está ligada à forma como enxergamos a vida.  Não existe um botão que apertamos e, de repente, estamos felizes. É  sobre leveza, sobre tranquilidade, sobre se permitir, afinal, o primeiro passo para ser feliz é se permitir ser feliz.

Espero que esse conteúdo tenha sido útil para você. Aguardo seu comentário para saber o que achou! Para saber mais sobre meu trabalho, me siga no Instagram @claudiadiascoach.

 

Outros artigos que também podem lhe interessar:

Como identificar a autossabotagem e como parar de se sabotar

O que é resiliência e quais as características de uma pessoa resiliente

O que é inteligência emocional?

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Quer receber mais informações?
Cadastre seu e-mail abaixo!

Acesse nosso formulário de contato e se cadastre em nossa comunidade de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal.

últimos posts

Coach de desenvolvimento pessoal para ampliar suas capacidades!

Conheça agora os motivos para contratar um coach de carreira!

Desenvolvimento pessoal o que é e como funciona

Como o otimismo pode ajudar a lidar com o fracasso

Como recomeçar a vida do zero

Coach Pessoal, Palestrante Motivacional, Treinadora Comportamental

TELEFONE / WHATSAPP

+55 (11) 9 6621-9683