Claudia Dias

Como o otimismo pode ajudar a lidar com o fracasso?

o que e otimismo- como ter otimismo- como ser otimista

O que significa Otimismo?

Otimismo representa o nível de confiança, que uma pessoa tem. Ela acredita que tudo dará certo, que nada é considerado impossível, é uma pessoa positiva e possui muita motivação, além de ser mais esperançosa e positiva.

Conforme, o Dicionário Oxford, “Otimismo é disposição para ver as coisas pelo lado bom e esperar sempre uma solução favorável, mesmo nas situações mais difíceis”.

Trata-se de uma tendência a ver tudo bem, para aqueles que se consideram satisfeitos com o atual estado de coisas.

Na mesma linha de raciocínio, encontraremos no  DICIO  que: “Otimismo é um substantivo masculino e seu significado é: comportamento de quem sempre observará o lado bom em tudo e em todos, ainda que esteja em situações ruins ou complicadas”.

Otimista também é um adjetivo e substantivo de dois gêneros, que significa aquela pessoa que se revela confiante, esperançosa e positiva. É a disposição para encarar as coisas pelo seu lado positivo e esperar sempre por um desfecho favorável, mesmo em situações muito difíceis.

Também encontraremos que o adjetivo “otimista” descreve uma atitude com tendência a ter uma visão favorável sobre as situações da vida. Uma pessoa com otimismo é mais propensa a esperar um resultado positivo do que negativo.

Ser otimista é acreditar que existem saídas para os problemas humanos e sociais, e considerá-los passíveis de uma solução positiva. No entanto, a pessoa não fica ali só esperando,ela  sabe que precisa agir em direção do objetivo que alcançará.

Ou seja, não estamos falando somente de ter um sentimento bom com relação a algo, mas fazer tudo que precisa para alcançá-lo.

Para que serve o otimismo?

Pessimistas de plantão podem ver os otimistas como lunáticos, como pessoas que enganam a si próprias e vivem fora da realidade, mas não é disso que trata o otimismo.

Como já disse no artigo sobre mindset, o otimismo contribui para produzirmos bons resultados. Por outro lado, o pessimismo, acompanhado de pensamentos negativos, interfere em nossas realizações pessoais porque gera sentimentos negativos e, consequentemente, comportamentos nocivos, que produzem resultados ruins.

Ou seja, o otimismo não é sobre passar o dia rindo à toa; ele é uma habilidade que influencia diretamente na nossa capacidade de produzir bons resultados, seja em casa, com os filhos, no trabalho ou em qualquer lugar.

Otimismo diante de uma sensação de fracasso

Imagine uma empresária que durante anos se dedicou a uma empresa e, subitamente, a empresa quebra e ela vai à falência.

É natural que num primeiro momento ela se sinta em chão, entre em desespero e até que tenha a sensação de que fracassou.

E  depois? Quanto ao próximo passo, sendo aquele de fazer uma avaliação para compreender o que foi feito de errado para, a partir daí, seguir fazendo diferente? Nesse momento, de que adiantará agir com pessimismo?

Pensamentos negativos, do tipo: “você não é capaz”, “você é um fracassado”, certamente vão invadir a mente de uma pessoa nessa situação. A grande questão é que conseguimos dar um, basta nesses pensamentos. Como? Enchendo nossa mente de pensamentos positivos para dar lugar a uma visão otimista.

E, por quê? Porque o otimismo funciona como uma mola propulsora, capaz de ajudar a pessoa a buscar uma solução e a concentrar sua energia nisso, não no problema.

o que é otimismo - otimismo o que é - como ser otmista sempreÉ preciso vigiar seus pensamentos.

Para isso, é preciso estar em constante vigilância. Como assim? Às vezes, nossa mente faz uma viagem por pensamentos maus e até destrutivos sem sequer nos darmos conta. Quando percebemos, já estamos com a cara fechada, mal-humorados, repetindo a nós mesmos que nada dará certo e até mesmo nos sabotando.

Por isso é preciso vigiar, para que nessas horas você argumente com você mesmo que isso é mentira. Quando algo na sua cabeça disser que você não é capaz, diga a si mesmo que sim, você é. Admita que você errou, e você sabe disso, mas daqui para frente as coisas diferirão porque você agirá diferentemente. É importante que você assuma esse compromisso.

Quanto à forma de fazer isso, escolha aquela que seja mais confortável para você. Uma ideia é anotar o que você sente e a partir disso responder a você mesmo o porquê de esse pensamento não estar certo. Algo do tipo: “Sinto que sou incapaz de me reerguer porque não suporto o fato de ter ido à falência, sinto que sou um fracasso”.

Em relação a essa situação em particular, de falência, eu sei como é porque já vivi isso quando estive à frente de uma empresa de seguros. Para eu começar a me reerguer, primeiro foi preciso me perdoar.

Precisei me perdoar para me libertar. Precisei admitir a mim mesma que cometi erros, sim, mas que não poderia passar a vida toda me culpando por isso. Eu sabia precisar me reerguer e recomeçar minha vida, só não sabia como.

A importância de buscar ajuda.

Como o otimismo pode ajudar a lidar com o fracasso

E, o que eu fiz? Busquei ajuda. Foi a partir de muitas pesquisas que eu descobri que existe algo chamado autoconhecimento, que nada mais é do que a habilidade de conhecer a si mesmo profundamente.

Normalmente agente pensa que se conhece, e isso pode até parecer algo óbvio, mas só quem passa por um processo de autoconhecimento sabe o quanto ele consegue mudar como enxergamos a vida [aqui você pode conferir os depoimentos de vários clientes meus que passaram por esse processo].

Foi conhecendo a mim mesma, descobrindo meus talentos e reconhecendo minhas debilidades, que as coisas começaram a mudar. Desde então percebi que não tinha um propósito de vida bem definido, e isso era algo que me deixava vulnerável, afinal, diante das adversidades, faltava algo maior para me sustentar, para me motivar a agir como resiliência. Faltava um motivo, uma razão para eu estar onde estava, fazendo o que fazia.

Eu descobri, na prática, que o pessimismo só serviu para me atrair cada vez mais para o fundo do poço. Já o otimismo significado, me permitiu visualizar um cenário positivo, ao qual lutei para torná-lo realidade.

Como eu disse, isso só foi possível depois que busquei ajuda. O coaching mudou minha vida e eu acredito, por experiência própria nesses mais de 10 anos como coach pessoal, que também pode mudar a sua.

Se esse artigo fez sentido para você, deixe seu comentário abaixo.

Outros artigos que também podem lhe interessar:

Motivação: a energia para viver!
O que é inteligência emocional?
Como o coaching pode ajudar na carreira de uma pessoa?

AN